domingo, 17 de março de 2019

WEC e IMSA em Sebring


Vale o registro que duas das maiores categorias do mundo, em especial no endurance, estiveram neste final de semana em Sebring, nos Estados Unidos. Tivemos as 1000 Milhas do WEC e as 12 Horas do IMSA.

No certame mundial, mais uma vitória na LMP1 para a Toyota de Fernando Alonso, Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima. E no estadunidense, os brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani, junto de Eric Curran, triunfaram pela Action Express.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!

Fórmula 1 2019 - GP da Austrália - Corrida


Que corrida, Valtteri Bottas! O finlandês tomou a ponta logo na primeira volta e daí em diante, impôs um ritmo muito forte, até a vitória - ainda levando o ponto da melhor volta.

Dobradinha da Mercedes, com Lewis Hamilton chegando em 2º, mas mais de 20 segundos depois. Ainda que não tivesse parado tão cedo para se defender de Sebastian Vettel, hoje era o dia do finlandês.

O inglês ainda teve que se defender de Max Verstappen, da Aston Martin Red Bull, que deu ao motor Honda o seu primeiro pódio em seu retorno à Fórmula 1.

As Ferrari só completaram o top 5, com Sebastian Vettel à frente de Charles Leclerc que, cometeu um errinho ou outro, mas nada que o tirasse da corrida, e ainda mostrou bom ritmo.

Até um pouco mais do que "melhor do resto", já que o outro rubro-taurino, Pierre Gasly, nem pontuou, chegando em 11º depois de largar lá de trás, ficou Kevin Magnussen, da Haas, em 6º. Logo à frente de seu praticamente já rival clássico, Nico Hulkenberg, da Renault.

Companheiro do dinamarquês na equipe americana, Romain Grosjean vinha fazendo uma excelente prova,mas abandonou, com o mesmo problema de roda solta que atingiu os dois carros do time no ano passado, nesta mesma etapa.

Piloto da casa, Daniel Ricciardo de escuderia nova, na esquadra francesa, abandonou. Ele danificou a asas dianteira de seu carro logo na largada, passando por uma espécie de... bump de grama. Até voltou à prova, mas foi ineficiente depois disso.

Além dos já mencionados, só mais Carlos Sainz Jr., da McLaren, abandonou, com o motor em chamas. Companheiro deste no time de Woking, Lando Norris estava até fazendo uma corrida decente, mas chegou apenas em 12º.

Um 8º lugar não é nada mau para um recomeço na Alfa Romeo, não é, Kimi Raikkonen? Depois dele vieram Lance Stroll, que fez uma ótima recuperação pela Racing Point e, levando o último ponto, Daniil Kvyat, em seu retorno pela Toro Rosso.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!
Paulo Vitor (novo Twitter)

sábado, 16 de março de 2019

Fórmula 1 2019 - GP da Austrália - 3º Treino Livre e Classificação


A Mercedes não só continua como terminou o ano passado, na frente, como ainda está ainda mais rápida.

Havia uma expectativa dos carros desse ano serem menos rápidos, por causa das novas asas. Mas, tivemos o antigo recorde de pista do Albert Park, em Melbourne, massacrado.

No último treino, já vínhamos tendo algum indício disso. Mas até então, parecia que a Ferrari estava mais perto. Como no ano passado, os holofotes estavam na Scuderia.

Na verdade... apenas a Williams não evoluiu. Pelo contrário, está mais lenta. É a exceção que confirmaria o que esperavam que fosse a regra. Que fase! Última fila para os carros de Grove.


Foram também eliminados no Q1 Carlos Sainz Jr., da McLaren, Lance Stroll, da Racing Point e, surpreendentemente, Pierre Gasly, da Aston Martin Red Bull.

Na ponta oposta do grid, a pole position é de Lewis Hamilton, com seu companheiro Valtteri Bottas ao lado, completando a primeira fila.

Logo atrás, Sebastian Vettel, do carro vermelho, ao lado do outro rubro-taurino, Max Verstappen, que deu à Honda a sua melhor posição de classificação desde o seu retorno à Fórmula 1.

Em seguida, o novo piloto de Maranello, Charles Leclerc, dividindo a fila com Romain Grosjean, da equipe cliente americana. Companheiro deste na Haas, Kevin Magnussen vem depois, junto com um excelente Lando Norris que levou o time de Woking ao Q3.

Fechando a galera da superpole, Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo e Sergio Pérez, do carro cor-de-rosa, respectivamente. Muito bom para o finlandês, diga-se.


Página do AutoblogPV8 no Facebook: https://www.facebook.com/Autoblogpv8

Um abraço!